segunda-feira, 15 de agosto de 2016

As delícias da imaginação


O mundo virtual das relações amorosas. Uma nova forma de dependência: imaginar.

2 comentários:

Margot disse...

Imaginar e/ou idealizar?
Uma relação à distância protege da frustração e ainda do perigo da intimidade.

cristina simões disse...

Compreendo. Também imaginamos ou idealizamos uma pessoa na vida real mas há o confronto com o outro, com as suas decepções e necessidades de intimidade, como refere. Na vida virtual cria-se uma representação (mental, claro) livre de qualquer substância. Boris Cyrulnik vê como as novas dependências. Concordo consigo, muitas pessoas criam essa dependência que funciona como uma defesa à intimidade e `a provável frustração.
Fique bem