sábado, 1 de dezembro de 2012

Rejeitar um narcisista

Salvatore Albane The fallen angels

As personalidades narcísicas quando são abandonadas ou dececionadas, elas podem mostrar-se aparentemente deprimidas, “mas num exame atento, trata-se de cólera ou de ressentimento com desejos de desforra, mais do que uma verdadeira tristeza pela perda da pessoa que eles apreciavam.”
Otto Kernberg, A personalidade narcísica.

Como em todos nós, a rejeição ou a deceção chega às personalidades narcísicas como uma ferida no amor-próprio. Porem, nestas personalidades não se vive a saturação indiscritível da tristeza ou da depressão pela perda, porque o outro não chegou a fazer parte do eu.
Não experimentando estas reações e, não percebendo as emoções complexas da outra pessoa, toda a energia daquelas personagens concentra-se, não na tentativa de reparar ou recuperar a relação, mas em fazer-se valer através do ressentimento e da vingança, também movida pela necessidade de domínio e sentimento de posse.
E o amor!? Não é visto nem achado.

5 comentários:

Anónimo disse...

Veja e comente http://delivro.blogs.sapo.pt

Fernando Mesquita disse...


Parabéns,

mais um excelente post!

Abraço(s)

Fernando Mesquita
Psicólogo/Sexólogo Clínico

http://terapiassexuais.blogspot.com

cristina simões disse...

obrigada pelas suas palavras. Têm outro "peso", vindas de si.
atenciosamente

Anónimo disse...

Muito bom texto . Diz muito em poucas palavras !

cristina simões disse...

Agradeço as suas palavras. Textos breves são um desafio à capacidade de ser clara e concisa. Também penso que, o mundo está cheio de "coisas" interessantes a observar, é escusado textos longos que consomem tempo.
Fique bem