quinta-feira, 3 de maio de 2012

Não querendo turvar a sua imagem


Josef Fischnaller Venus

"A imagem no espelho parece mesmo mais importante do que a maneira como o individuo se considera. Narciso reconhece-se numa nascente de água pura, que foi procurar para acalmar a sua sede. Ora, o amor por si, que faz nascer esse instante de autocontemplação, condu-lo à inanição. Não querendo turvar a sua imagem, não consegue decidir-se a beber daquela água."
Albert Eiguer Pequeno Tratado das Perversões Morais Climepsi

Acho bem conseguida a metáfora: Narciso por não querer turvar a água - alterar a pureza da sua imagem - deixa-se morrer. O parecer é mais importante que o ser. Mas seria um outro e a vida, que o faria sentir a realidade, e a suas próprias possibilidades. 
Este isolamento progressivo, este evitar pôr-se à prova, seria uma defesa contra uma dor sem nome que não permite tomar consciência das suas forças e das suas insuficiências. E o assombro por tudo, e apesar de tudo.

2 comentários:

Rosa Leonor disse...

rOUBEI-LHE ESTA IMAGEM QUE REFLECTIA BEM A MINHA IDEIA...
(continuo a visitá-la...)

rleonor

cristina simões disse...

Olá Rosa Leonor
À vontade! Também gosto de arte e de a divulgar. A imagem é de um fotografo: http://www.joseffischnaller.com/
Fique bem